sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Ceará perde 3.296 postos de trabalho

Em outubro, o emprego no Ceará apresentou uma retração em relação ao mesmo mês do ano passado. O Estado registrou apenas 3459 vagas, uma diminuição de 3296 postos em relação aos 6.755 registrados no mesmo período do ano passado. Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. O Estado

Cai movimento no aeroporto de Fortaleza

A redução nos últimos seis meses foi de 10%. Mas a Secretaria de Turismo do Estado aposta num crescimento de cerca de 10%. Isso porque com a alta do dólar, muitos brasileiros estão evitando viajar para fora do país. Mas o cenário ainda é marcado pela crescente incerteza econômica.
O número de turistas que visitaram o Ceará este ano caiu em relação ao ano passado. É o que afirma a Infraero, responsável pelo principal portão de entrada do estado. A cada pouso a certeza de novos gastos, investimentos. Turista no Ceará é sinonimo de geração de emprego e renda.
Ano passado mais 3,6 milhões chegaram ao Ceará pelo Aeroporto de Fortaleza, segundo a Infraero. Nos dez primeiros meses deste ano, foram menos de 3 milhões de visitantes.
Setores do turismo ainda atribuem a queda a falta de investimentos necessários para divulgar o ceará como destino turístico. Verdes Mares

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Exército vai ajudar no combate a dengue no Ceará

video

Exportações de calçados crescem no Ceará

video

A Polícia Federal encerrou oficialmente investigações sobre furto no Banco Central

A Polícia Federal encerrou oficialmente, após três anos e três meses de investigações, a chamada “Operação Toupeira”, iniciada com o furto na caixa forte do Banco Central em Fortaleza, em agosto de 2005. Segundo o delegado Antônio Celso, que comandou a operação, 36 homens foram envolvidos diretamente no furto, sendo que destes, 29 estão presos, um morto, quatro foragidos e dois que ainda não foram identificados.
Os assaltantes levaram R$ 164,8 milhões. Antônio Celso explicou que estes recursos foram divididos igualmente em somas aproximadas a R$ 4.9 milhões para cada um dos 36 envolvidos diretamente no furto. O delegado informou que deste total, a PF recuperou R$ 20 milhões em dinheiro e cerca de R$ 40 milhões em bens e imóveis. Fonte: Diário do Nordeste

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Ceará acerta o passo na exportação de calçados

Na contramão da crise financeira global, o Ceará registra crescimento de 13,9% nas exportações de calçados este ano. Já os pólos calçadistas gaúcho e paulista registraram quedas nos volumes de 25,91% e 30,73%, respectivamente.
Pelo segundo ano consecutivo, o Ceará ultrapassou os gaúchos em volume de pares, mas ficou em segundo lugar no faturamento. As divisas do setor calçadista cearense somaram US$ 290,3 milhões, 14,08% superiores aos R$ 255,4 milhões anotados nos dez primeiros meses do ano passado. No cenário nacional do setor, o Ceará está atrás apenas do Rio Grande do Sul, que se mantém na liderança como Estado com maior faturamento com as exportações de calçados.